Quando eu te peço pra entrar e tirar o sapatos é pra ver se consigo deixar toda a terra do seu passado pra trás, sim estou falando de quando peço pra você entrar na minha vida, mas caso você trouxer um pouco das coisas ruins que passaram grudadas em você e a gente se perder no meio dessa bagunça que é dentro de mim, não se preocupe, agora a dois é muito mais fácil de arrumar tudo aqui, e tudo ai, afinal eu sempre acumulei terra aqui e as vezes poeira sem mesmo sair de mim, vai levar horas, varias faxinas, varias historias, varias conversas, beijos, trocas de segredos e até lagrimas guardadas la no fundo da caixa de lembranças esquecida no mais velho armário que temos em cada um de nós, mas no final do dia, ou da semana eu te garanto que seremos felizes, eu te prometo, e tudo isso não só porque você é diferente de qualquer pessoa que conheci, mas é porque só pelo seu jeito de olhar sem conseguir demonstrar muito eu senti que você também é como eu as vezes, perdida, sem rumo, e que consegue encontrar felicidade nos pequenos instantes que a vida nos proporciona, eu também sou assim, me encontro em muito de você e acredite somos dois estranhos idiotas, mas do jeito bom, daquele jeito que consegue sermos nós mesmos com nós mesmos e riqueza maior que essa não existe.


Gosto do dramalhão das musicas que escuto e das historias que li ou vi em filmes em varias sessões iguais, e me perco em momentos como este que fico deitado na cama olhando pro nada, imagino que em determinando momento eu vou me tocar que alguma coisa precisa ser feita e sair correndo pra chegar a tempo, nem que seja no aeroporto antes que alguém decole pra nunca mais voltar, como já foi clichê e reprisado em quase todos os filmes por ai, poderia também estar em qualquer lugar e tocar aquela musica e notaríamos que algo precisa ser concertado, que eu ou você faz realmente importância e não seriamos totalmente felizes sem nós, porque no final das contas eu amo nós. Poderia dar a volta ao mundo pra se encontrar e perceber que o falta em você nesses dias confusos sou eu, Poderia rabiscar nas paredes do quarto o mundo que queria ver, ver que ate o seu jeito de se pentear era perfeito feito só pra mim, Nunca me deixe mudar de ideia que a canção da noite me trouxe, porque todo mundo precisa de alguém, e eu acho tão bonito confessar que sozinho não vou a lugar algum, e a semana e essa cidade cinza me sufoca, então tira um tempinho pra aparecer por aqui e me contar segredos sobre sua vida enquanto a chuva dissolve a cidade, porque bebi saudade a semana inteira e não espero começar mais uma segunda feira sem ter lhe visto.


O mundo parece estar em paz, e eu to com vontade de gritar para o mundo todo ouvir que eu a amo, amo com todas minhas forças, e não é como alguém ama sanduiches ou lasanha, não é amor como alguém que ama final de semana, é amor que alguém sente como se faltasse ar enquanto você esta se afogando e com muito esforço você consegue chegar a superfície, sabe aquele alivio de não morrer? É o amor que eu sinto, é como se eu estivesse prestes a levar um tiro e por algum acaso um carro atravessa na minha frente e a bala não acerta ninguém, essa sorte que eu tenho é o amor que eu sinto, é como se o mundo tivesse todo contra mim, e eu não me importasse, porque no meio disso tudo eu tivesse alguém, uma única pessoa que se importava comigo, uma única pessoa que faria todos nem existirem por alguns momentos, sabe essa falta de problemas, e esse mundo só nosso que se cria quando eu fecho a porta e ficamos a sós? É esse o amor que eu sinto, a sensação que eu sinto é assim, difícil de explicar, difícil de demonstrar, difícil ate de falar pra outros porque é um sentimento só nosso, mas da pra imaginar ne? Da pra imaginar que eu um garoto que as vezes não entende sua própria razão tentando explicar o que é o amor que sente, mas é isso, é como uma vitoria na copa do mundo para as pessoas que vivem em condições ruins mas que ficam felizes por pequenas coisas, é o nascer do sol que só moradores da rua conseguem contemplar com tanta naturalidade com todos os seus sentidos, é o sopro do vento me dizendo musicas que lembram você no momento que você esta se divertindo na minha frente, são os abraços de desconhecidos, são o cavalheirismo de idosos, mulheres, pessoas de todas as classes por pessoas que talvez não precisam tanto de tratamento especial assim. É assim que eu me sinto.

                                    (Como um sopro do vento - Felipe Schindler)


"Eu não queria ir embora e esperar o dia seguinte. Porque cansei dessa gente que manda ter mais calma. E me diz que sempre tem outro dia. E me diz que eu não posso esperar nada de ninguém. E me diz que eu preciso de uma camisa de força. Se você puder sofrer comigo a loucura que é estar vivo. Se você puder passar a noite em claro comigo de tanta vontade de viver esse dia sem esperar o outro, se você puder esquecer a camisa de força e me enroscar no seu corpo para que duas forças loucas tragam algum equilíbrio. Se você puder ser alguém de quem se espera algo, afinal, é uma grande mentira viver sozinho, permita-se. Eu só queria alguém pra vencer comigo esses dias terrivelmente chatos."
Tati Bernardi.  (via carencias)

(Fonte: inverbos, via t-i-m-e-travel)

"Eu não sei amar, essa que é a verdade. Eu não sei amar nem receber amor. Eu acho até que quem não sabe amar, geralmente são os que mais amam. Veja bem, eu sou lotado de amor, vivo amor, transbordo amor, mas não sei amar. Consequentemente vivo na esperança de um dia encontrar alguém que encontre uma maneira de lidar com esse amor todo. E o engraçado é que mesmo com tanto amor, não sei mostrar amar pessoas que sei que amo. Às vezes chego a pensar que a vida poderia ser bem melhor se ninguém tivesse essa obrigação consigo mesmo de ter que amar alguém para se sentir vivo, pois meu amor mesmo é uma bagunça, sendo assim, a vida também é. Mas aí eu penso também, conviver sem essa bagunça poderia ser bem pior."
Marcos Filipe. (via autorias)

(Fonte: 10reais, via future-obsession)

Quero estar nos lençóis, nos fios de cabelo, nas fotos, nas musicas, nos abraços, nas risadas, principalmente nas risadas, pra quando eu morrer alguém contar uma piada e ao menos pensarem que eu riria demais disso aqui e lembrar da minha risada, mesmo sendo estranha, quero estar nos livros, nas paginas deles, naquelas com orelha de burro porque sabe eu nunca fui muito organizado, quero estar presente ao menos alguma vez em suas vidas depois de minha partida, que seja sei la quando comprar um lanche e lembrarem de quanto eu gostava de ketchup, ou forem no show da minha banda preferida e cantarem a minha musica preferida, lembrando o quanto eu não nasci pra cantar, quero estar ao menos em um pensamento qualquer em uma tarde qualquer quando seus filhos tiverem brincando no quintal e pensarem no quanto eu adorava crianças e o quanto fui a pior delas, quero estar nas paredes, nos adesivos de carro, ou sei la apenas nas assinaturas de final de capa de caderno, mas preciso estar em algum pedacinho que sobrar, é péssimo viver e não marcar ninguém, e por fim ser esquecido.


Não sou como o vento em um dia de calor, nem como um abraço em um dia difícil, queria fazer algo importante e com algum motivo bom, alguém por quem lutar, é horrível a sensação de ser dispensável pra todo mundo.


Eu sou intenso, contador de historias, de minhas historias, de nossas historias, eu sinto cada momento como se fosse literalmente um capitulo de um livro, e sempre encontro conforto em contar sobre quem for o personagem principal desse que estou vivendo agora, Se for pra ser triste, eu vou ser o mais, se for pra ser feliz eu irei até o fim, eu não sinto nada pela metade, sei exatamente como quero que seja meus dias, e com quem quero estar no final, mas nunca sei como vai ser a minha vida e nem o que eu vou ter que fazer para conseguir o que eu almejo. Sou Vivo, irracional se for comparado ao emocional, sempre desabando por pouco e esquecendo rápido por ficar a maioria do tempo em piloto automático pois essa cidade me coloca a ponto de explodir, Planejo coisas inspiradas em filmes, em clipes, ouvindo musicas, ando na rua falando sobre isso comigo mesmo em voz alta, parecendo louco, mas não me importando, pois enquanto estou de fone de ouvido o mundo a que pertenço não é esse aqui, Eu sinto, eu demonstro, eu faço acontecer, nada de esperar até ser tarde demais, ja aprendi diversas vezes vendo erros fictícios ou reais que a espera pode ser fatal, Ja perdi pessoas demais, tanto de Adeus quanto de tchau jamais existidos, E como disse Érico Junqueira “Conhecer pessoas novas eu sei que me faria bem, mas o gosto amargo da partida me desce a língua”. Talvez não seja exatamente assim, mas no final a Saudade continua sendo algo precioso demais.


Andando com uma melancia no pescoço metaforicamente, tentando ser notado, vivendo por um pouco mais de atenção, soando como dance of days, sendo uma criatura estranha com uma solidão tamanha, daquelas que sempre tem que estar perto de alguém pra conseguir ficar bem, e que quando não tem ninguém faz drama, Correndo riscos desnecessários que ninguém notaria, querendo um abraço no fim do dia, fazendo rimas despropositadamente em um texto qualquer em um lugar qualquer, pensando em algo importante pra fazer, não ser esquecido, não ficar desfocado nas fotos e na sua memoria, Não ser deixado, estar entre as 3 primeiras opções a escolher não importa a ocasião, Morrer por alguém, se apaixonando a cada dia por causas perdidas, ser alguém pra envelhecer.


(Fonte: zoiodlula, via ticoeteco)

Fico Imaginando o futuro, e como serão nossos filhos, sera que vão ser serios demais? inteligentes demais ao ponto de criarem algo que faria todos nós ficarmos bilionários antes deles mesmos completarem 10 anos, ou sera que vão ter uma banda, viajar o mundo tocando?. E sera que nós vamos ter uma casa em algum lugar sempre que voltarmos de nossas viagens com nossos amigos? porque eu fico imaginando a gente, todos nós indo e vindo de todos os lugares e para todos os lugares,  trazendo uma mochila de aventuras pra contar, tendo sempre um lugar pra voltar, mesmo sabendo que seu lar é onde o coração está, e o meu esta bem aqui do meu lado, sorrindo, porque aquele tempo de desespero passou, hoje temos pequenos desentendimentos, mas nada demais, apenas coisas pequenas do dia a dia que logo passam ao ver essa vista do mar ao abrir a barraca pela manhã, ao poder correr pela areia sem problemas pra pensar, porque finalmente a gente entendeu que da pra dar um jeito em tudo quando se tem amor, quando se tem amigos e tendo a certeza de sempre poder confiar.


"Inspiração dos meus sonhos não quero acordar, quero ficar só contigo não vou poder voar. Por que parar pra refletir se meu reflexo é você? Aprendendo uma só vida, compartilhando prazer. Porque parece que na hora eu não vou aguentar se eu sempre tive força e nunca parei de lutar? Como num filme no final tudo vai dar certo, quem foi que disse que pra tá junto precisa tá perto? Pensa em mim que eu to pensando em você e me diz o que eu quero te dizer, vem pra cá pra ver que juntos estamos e te falar mais uma vez que te amo. O tempo que passamos juntos vai ficar pra sempre, intimidade, brincadeiras só a gente entende. Pra quem fala que namorar é perder tempo eu digo, há muito tempo não crescia o que eu cresci contigo. Juntos no balanço da rede sob o céu estrelado, sempre acontece, o tempo para quando eu to do seu lado. A noite chega eu fecho os olhos é você que eu vejo, como eu queria estar contigo eu paro e faço um desejo. Pensa em mim que eu to pensando em você e me diz o que eu quero te dizer, vem pra cá pra ver que juntos estamos e te falar mais uma vez que te amo."
Darvin. (via restoredd)

(Fonte: bll00dhail)

E ai a gente entra despercebido e sem bater, as vezes nem estamos sendo sentidos, as vezes nem sabemos onde estamos mas seguimos em frente, me desculpe aparecer do nada, prometo nao reparar na bagunça, e espero que nao ligue se eu compartilhar contigo um pouco da minha sujeira varrida pra baixo do tapete da minha mente, não sei se tu vai entender, mas eu tambem sou uma maquina ambulante procurando atenção querendo ser abduzido e voltar daqui uns dois anos pra ver se alguem notou a diferença ou sentiu a minha falta, é assim que a gente se sente quando encontra uma janela pra pular e tentar roubar a sua tv de sonhos unicos guardada na sua estante de coisas no canto da sala da sua alma, e quando digo roubar nao digo tomar de ti, não, eu só quero trazer comigo algo seu caso voce sentir falta vir junto comigo nessa caminhada fora essa porta, depois da janela, nesse lugar distante, longe de tudo que eu conheço, longe de onde tu nem imaginou estar, quem sabe aqui fora eu consiga te proteger do barulho de tudo que pode nos afastar.